Roteiro de fim de semana em Aparecida do Norte/SP

Foto: Dreisse Drielle
Sempre lembrada como Aparecida do Norte, a cidade de Aparecida, no estado de São Paulo, é conhecida nacionalmente por abrigar o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida – o maior santuário das Américas. Sua história está diretamente ligada com a aparição da imagem da Santa em 1717, quando três pescadores a encontraram no Rio Paraíba.

Minha viagem durou aproximadamente 3h. Saí do centro de São Paulo (capital) e gastamos R$ 48,00 (ida e volta) com pedágios. Sendo:

Pedágios São Paulo – Aparecida:
1º pedágio em Itaquequecetuba (km 32) - R$ 3,60 (carro)
2º pedágio em Guararema (km 57) - R$ 3,40 (carro)
3º pedágio em Caçapava (km 114) - R$ 2,60 (carro)
4º pedágio em Pindamonhangaba (km 88) - R$ 14,40 (carro)

Pedágios Aparecida – São Paulo:
1º pedágio em Pindamonhangaba (km 88) - R$ 14,40 (carro)
2º pedágio em Caçapava (km 114) - R$ 2,60 (carro)
3º pedágio em Guararema (km 57) - R$ 3,40 (carro)
4º pedágio em Itaquequecetuba (km 32) - R$ 3,60 (carro)

A cidade não é grande e é muito bem sinalizada. Após passar pela entrada de Aparecida, em menos de 10 minutos é possível chegar no Santuário Nacional. A diária do estacionamento custa R$15,00 (e confesso que achei o preço ótimo!). Logo na entrada, eles te entregam também uma espécie de livreto com um “guia” para as missas do mês.

Santuário Nacional:

Vista do Santuário Nacional a partir do Morro do Cruzeiro | Foto: Dreisse Drielle
O Santuário Nacional é incrível. Uma energia única que inunda a gente de paz e nos deixa com os olhos brilhando. Assim que chegamos, nos organizamos para acompanhar a missa no salão principal. O lugar é imenso, mas muito bem sinalizado, então não se preocupe: não dá para se perder lá dentro! A missa tem, em média, 1h15 e acontecem várias durante todo o dia. Ao fim da missa é realizada a benção de terços e outros objetos. Os horários são:

Segunda à sexta: 7h, 9h, 10h30, 12h, 16h e 18h
Sábado: 6h30, 9h, 10h30, 12h, 16h, 18h e 20h
Domingo: 5h30, 8h, 10h, 12h, 14h, 16h e 18h

Interior do Santuário Nacional | Foto: Rogério Souza
Dica: se não estiver tão ansioso, assista a missa na parte da tarde. Além de conseguir assistir sentado, o local estará mais fresco e você não enfrentará tanta fila pra ver a imagem da Santa.

Foto: Rogério Souza
Esta imagem é a imagem original de Nossa Senhora Aparecida encontrada pelos pescadores em 1717. A fila para chegar até ela é maior após as missas, então, caso prefira, deixe para vir depois, quando a missa estiver acontecendo ou um tempo depois do término.

Ao término da missa, fomos direto em direção aos bondinhos aéreos. A previsão do tempo marcava chuva para a parte da tarde (fique atento à isso também!) e optamos por priorizar as atividades ao ar livre ainda pela manhã deixando a tarde chuvosa para visitar o interior da matriz principal.

Teleférico e Morro do Cruzeiro:

Este passeio é com certeza um dos mais legais para se fazer! A Estação Cruzeiro é o local de partida dos bondinhos aéreos. Lá é possível comprar o ingresso, partir e retornar ao Santuário. Os ingressos variam, mas optamos por pagar pelo passeio completo (R$ 30,00/adulto). Este passeio englobava a ida e a volta, além da visita pela Torre Mirante, localizada ao Morro do Cruzeiro. Há também a opção de apenas ir e voltar do Morro, sem necessariamente visitar a Torre. Este passeio mais simples custa R$26,00/adulto. Os preços variam para crianças e idosos, sendo a entrada grátis apenas para crianças de até 5 anos. O passeio de teleférico dura, aproximadamente, 30 minutos (ida e volta).

Foto: Dreisse Drielle
Assim que você desembarca no Morro do Cruzeiro é possível descer para tomar um café, comprar artigos religiosos, usar o banheiro ou beber água. É importante ressaltar que eles vendem água em diversos locais lá, mas há também torneiras com água potável sem nenhum custo e bem sinalizadas próximas ao banheiro.

Torre Mirante:


Foto: Dreisse Drielle
O passeio na torre é bem simples, mas bem interessante se você quer ver toda a cidade de Aparecida. No alto da torre, você tem uma visão 360 graus da cidade inteira. A subida é de elevador. Este passeio dura aproximadamente 20 minutos, se você quiser ver com calma e ler todas as frases escritas nas paredes do local.

Caminho Sagrado:

A partir do Morro do Cruzeiro é possível também fazer o Caminho Sagrado – que faz parte da Via Sacra realizada em toda sexta-feira da Paixão. No trajeto você confere os 14 quadros que contam a história de Jesus, desde a sua condenação até o seu sepultamento. Um momento único de meditação e oração. Tempo de passeio: sem pressa, uns 40 minutos.

Foto: Dreisse Drielle
Dica: você não precisa de ingresso para conhecer toda essa parte do Morro do Cruzeiro. O ingresso que você adquire junto com o ingresso do teleférico é apenas para visitar a torre. Todo o resto é gratuito.

Centro de apoio ao romeiro:


Foto: Reprodução
Como já estava quase na hora do almoço, paramos no centro de apoio para almoçar e descansar um pouco. Lá você conta com diversos restaurantes, lanchonetes e lojas de artigos religiosos ou acessórios diversos como bolsas, roupas e até sapatos. O local é dividido em 2 praças de alimentação, possui diversos caixas eletrônicos e sanitários. A Praça de Alimentação I possui apenas restaurantes e lanchonetes locais. Já a Praça de Alimentação 2 é cercada por franquias como Subway, Grilleto, entre outras.

Ao lado você encontra também o Aquário de Aparecida – passeio que com certeza farei da próxima vez que visitar a cidade.

Memorial da Devoção:

Foto: Reprodução
O Memorial da Devoção é um prédio relativamente novo. No local, você encontra um lugar especial para as crianças (Devotos Mirins), o Museu de Cera e uma sala de cinema (Cine Padroeira). É uma experiência sensorial, com arte e multimídia que contam a história de Nossa Senhora Aparecida desde sua aparição nas águas do Rio Paraíba do Sul até a construção da Basílica Nacional e as visitas das celebridades. O ingresso para o passeio completo custa R$15,00 e o passeio dura aproximadamente 40 minutos.

De volta ao Santuário Nacional, o lugar é cercado por corredores encantadores, capelas incríveis e um subsolo cheio de atividades também. A Capela das Velas é o local ideal para agradecer pelas suas conquistas, fazer um pedido ou rezar por alguém.

Interior da Capela das Velas | Foto: Dreisse Drielle
 Dica: eu levei o meu próprio pacote de velas, mas é possível comprar também nas casas de velas. O preço é infinitamente melhor do que eu pensei e eles possuem velas de todas as formas e tamanhos.

Subsolo do Santuário: 

No subsolo você encontra uma Sala de Promessas com artigos de todos os tipos e promessas realizadas por romeiros que visitaram o local. Tem até um espaço reservado para artigos de celebridades que foram até lá para agradecer uma conquista ou fazer uma promessa. No subsolo é possível também realizar sua confissão (existem diversas pessoas para te ajudar e um guia exclusivo para se preparar para este momento), ver a Casa de Pão, comprar livros, tomar um café, ir até o sanitário e conhecer as vielas charmosas e os ângulos mais lindos de dentro do Santuário.

Vista da torre do Santuário Nacional | Foto: Dreisse Drielle
Tem também o passeio na torre localizada junto ao Santuário. Os ingressos custam R$6,00 para visitar o mirante da torre e também um museu. A fila é grande, mas o elevador também é. Não se assuste! O local abriga o Museu de Nossa Senhora Aparecida e conta também a história da construção da Basílica até os dias atuais. Após a visita ao mirante, você vai para o 1º andar para conhecer o museu com a história da Padroeira. É proibido o uso de câmeras e celulares neste local.

Ao todo, gastamos em torno de 3 horas para visitar todos estes locais do interior da basílica.

Passarela da Fé:

Construída em S para homenagear Nossa Senhora Aparecida em 1971, o local une o Santuário Nacional à Basílica Velha. O trajeto tem aproximadamente 400 metros e reúne diversas pessoas pagando promessas, turistando e também amarrando fitinhas com pedidos pelo local.

Foto: Dreisse Drielle 
Estas fitinhas podem ser compradas nas lojinhas ao fim da passarela e custam R$2,00 (um pacote com 20). Achamos o preço bem camarada. A saída até a Basílica Velha é bem sinalizada, mas infelizmente não conseguimos visitar o local porque estava absurdamente cheio. O tempo estimado de passeio pela passarela, lojinhas locais e pela Basílica Velha é de 60 minutos.

Resumidamente, é uma viagem que vale muito à pena. Fiz todas essas atividades em apenas um sábado, mas recomendo dividir esses passeios em dois dias: sábado e domingo. Existem também muitas outras opções de passeios em outro locais além do complexo religioso de Aparecida.

Se a sua principal dúvida é alimentação e/ou sanitários no local, pode ficar tranquilo: é tudo muito bem sinalizado e os sanitários e as lanchonetes estão por todo lado. Os sanitários são gratuitos e os preços das lanchonetes são bem em conta.

E uma última dica: priorize as datas em baixa temporada ou fora de feriados religiosos para curtir o passeio ao máximo. O local estará mais vazio, as filas não estarão tão grandes e você conseguirá passear com muito mais tranquilidade.

Para informações de hospedagem, outros horários de visitação e informações sobre feriados, acesse: Guia Aparecida SP ou Aparecida do Norte.org.

Nenhum comentário:

Obrigada!

Tecnologia do Blogger.