Eu não vou te esperar

7 de abril de 2016

Foto: We Heart It
Eu não vou te esperar por dois ou três dias. Na verdade, eu decidi não esperar. Não mais. Eu já esperei muito. Já esperei tanto de alguém que sequer doou metade de si nessa história.  Eu não posso te esperar mais, porque estar ao seu lado é perda de tempo. É isso, meu bem. Eu perdi tempo com você. Perdi energia. Perdi força. Perdi muito de mim esperando você.

E cada vez que eu esperava e você não aparecia, cada vez que eu dizia e você não respondia, eu só perdi. Paciência, força, tempo e mais tempo. Só que agora eu decidi não esperar mais. Eu decidi não deixar que minha ansiedade fale mais alto e me faça de boba enquanto eu, como sempre, te espero. Não mais, meu bem.

Queria te dizer tanto. Queria jogar umas boas verdades na sua cara, mas nem isso eu vou mais fazer. Simplesmente porque você, de novo, não apareceu e eu decidi não esperar. Sua distância trouxe à tona muitas verdades sobre você e sobre um “nós” que eu construí sozinha. E me abriu os olhos.

Hoje, meu querido, eu só queria te dizer que eu não vou te esperar mais. E com a minha decisão vem o mais importante disso tudo: se eu não espero, eu não perco. Hoje, quem perde é você. E você me perdeu.