O que é que você fez?

17 de janeiro de 2016

Foto: We Heart It
Seu cheiro ficou grudado em mim o dia inteiro. Eu não aguentava mais. Aquele cheiro meio doce, meio amadeirado me fazendo lembrar de tudo que tinha acontecido era a dose de sofrimento que eu não precisava naquele dia. E eu já não tinha mais nada para fazer. O sabonete mais forte da minha estante já não era capaz de tirar aquela marca que você tinha deixado em mim - e eu desejei muito que a marca fosse somente física. 

Seu calor ficou grudado em mim o dia inteiro. Eu queria mais. Suas mãos quentes em um dia de inverno, deixando tudo ainda mais sombrio, me ajudou a não adoecer. Era a dose de carinho que eu precisava naquela hora. Era a dose exata de atenção que estava faltando para mim. E você soube ser sutil, simplesmente.

Suas palavras também ficaram grudadas em mim o dia inteiro. Oscilando entre o sincero e o forjado, me fazendo questionar e analisar quase que friamente o que era mentira e o que era verdade. Cheguei a uma conclusão que se resumia a nada. Esse seus olhos brilhantes me confundiram. Me deixaram completamente perdida. E o que eu poderia fazer? 

Nessa altura do campeonato, ficar de olho no celular, na esperança de um sinal de vida, era tudo que havia restado. Ai, garoto. O que é que você fez aqui? Me diz. Correr desses seus braços também era uma opção - que ainda não tinha entrado na lista de decisões, diga-se de passagem. Quase nada consigo fazer agora. Muito já posso sentir. Não tenho pretensões, confesso. Só mais um dia com você do lado me basta. Até a manhã seguinte. 


_________________

Meu primeiro livro vai ser publicado! A pré-venda já começou e você pode garantir o seu clicando aqui. Obrigada ♥ 

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada!