Eu não queria

30 de novembro de 2015

Foto: We Heart It
Eu não queria dizer não para você. Queria poder querer o que você quer também. Queria poder sentir o que diz sentir também. Mas não posso querer o que você quer. Não posso me permitir o que você tem se permitido há um tempo. 

Porque a gente bem sabe que estamos juntos num barco sem remos, sem fundos e sem destino. A vida tem dessas coisas, a gente sabe. Tem desses imprevistos, momentos, amores mal acabados e futuros sem perspectivas. 

Eu não queria dizer não para você. Não queria. Queria poder dizer sim, oi, estou aqui, pode vir, porque tá tudo bem. Só que não está. Não podemos. E vamos continuar fingindo que não queremos, apenas porque nem tudo que se quer é o que se tem. 

Porque, de verdade, eu não queria dizer não para você. E nem quero ficar repetindo isso toda hora, porque vou acabar dizendo que sim - e eu não posso fazer isso. E ponto. Eu sinto muito, meu bem. Eu queria dizer sim, mas dessa vez não vai dar. 

Jamais

21 de novembro de 2015

Foto: We Heart It
Sonhei que deitava no seu colo enquanto você acariciava meu cabelo. Sua mão estava quente e a gola amarrotada no fim do dia era um charme a mais. Meu olhar atento para o horizonte era uma maneira de não permitir que eu encarasse seus olhos. Eu resistia. O cheiro já tomara conta do pequeno espaço que estávamos e senti que o celular deixado de lado era o galanteio a parte daquela noite - é que você demonstrava muito mais com atos do que com palavras. 

Apesar disso, seu olhar ia um pouco além. Eu sabia. A beleza, nem tão singular ou singela, ultrapassava alguns limites. Entre eles, o tom quase verdadeiro da sua voz. As palavras firmes e o sorriso no rosto tentavam ocultar todas as suas manhas. No fundo, seus olhos entregavam tudo. Transpareciam. Exalavam a verdadeira razão de todo o charme.

Sonhar com você havia deixado de ser algo bom para se tornar um pesadelo durante o resto do dia. Eu até evitava pensar, mas a minha mente dava o troco dizendo "não esqueço. Agora, aguenta". Nem em sonho eu me permito viver essa história. Vai que eu gosto e você fica de vez?!

Acordei.


Só me ouve, por favor

19 de novembro de 2015

Foto: We Heart It
Ouve o que eu tenho para te dizer. Ouve as minhas justificativas. Se encaixe no meu ponto de vista. Só isso. Tudo é só uma questão de “saber enxergar” e você precisa me ver. Para só um segundo. Senta aqui e ouve o que eu tenho para te dizer. Um minuto. Me deixa te despir de segredos, entender seus mistérios, correr rumos aos seus braços. Me deixa também. Me deixa falar. Me deixa ser. Me deixa viver... Com você.

Prometo. Não tomo seu tempo, não bebo muito café, não faço morada. Não deixo meu perfume em você que é para não te fazer lembrar-se de mim depois. Eu nem encosto em suas mãos, se você não quiser. Prometo pedir abraço, colo e beijo, mas prometo tentar não ser invasivo. Prometo respeitar seu espaço. Só quero que o limite da sua boca seja a minha. Que seus cabelos terminem roçando os meus ombros. E que pense em mim.

Como disse, não vou criar morada. Nem causar dor. Só quero que me escute. Entenda o que tenho para dizer e me perceba. A nossa situação vai muito além, você sabe. Me deixa ir também... Com você.

_______________________

Pessoal, agora eu estou também no snap! Me segue lá. É o d.drielle. ♥