Egocentrismo

12 de agosto de 2011


Sou movida por palavras e ações. Sou movida por sentimentos e estes transbordam toda vez que meu coração pensa ter sentido algo. Essa parte que transborda, eu as transformo lentamente em palavras, muitas palavras. Não sou boa pra desenhos e tenho um lado procrastinador. Não sei mentir, não sei guardar rancor e não sei fazer vingança. E isso é bom, né?! Não sei fazer mais um tanto de coisa e ainda assim a sociedade quer que eu faça.

Não curto música alta e nem curto a maioria dessas músicas da moda. Não gosto de filmes e nem de clipes musicais. Não me encaixo nos padrões. Sou alta demais e organizada de menos. Não tenho paciência com gente chata e nem tolero mentiras. Contento-me com música baixa, livro na mão e chuva lá fora. Gosto de silêncio no fim da noite, beijo na testa e abraço no frio. Gosto quando me fazem rir. Choro com facilidade e irrito na mesma proporção também. Não gosto de nada que leve cálculos e nem tempero demais. Não tenho muita paciência com as pessoas e, de longe, sou a pessoa mais temperamental que eu conheço.

Com o tempo, aprendi a escrever com o coração. Não entendo muito da vida, mas deixo uma parte de mim em cada trecho que escrevo como forma de eternizar aquilo que sinto e perceber o quanto me importo. Porque eu sempre me importei e sempre passei pela vida tentando inventar jeitos de dizer como eu me sinto. E então, como quem não quer nada, eu passei a detalhar cada parte que penso ser de mim em forma de escritos. Inúteis ou não, fazem parte de mim e me permitem seguir.
Sou só um pedaço de um quebra-cabeça. As outras peças, eu ainda estou para achar.

1 comentários:

  1. Também estou para achar as peças que me faltam...
    Muito lindo

    http://somdospassos.blogspot.com/

    Bei-jos

    ResponderExcluir

Obrigada!