Vontade do futuro

17 de maio de 2011


Tenho tido uma vontade de enorme de dormir. E de ver os dias chegando ao fim. E de ver o tempo passando rapidinho. E de me arrepender depois por desejar tudo isso. Porque eu sei que o arrependimento é inevitável e eu sei que ele vai acontecer. Mas eu tenho tido tanta vontade de ver o relógio correndo mais depressa e de ver o sol se pondo logo que não vou me culpar ou me arrepender por estar arrependida.

Não é egoísmo e isso nem quer dizer que eu esteja vivendo uma fase ruim. Pelo contrário. Eu ando vivendo muito bem e esse bem me encanta e me faz querer dormir todos os dias com a sensação de que tudo que havia sido planejado foi cumprido e que o dia seguinte será muito melhor.

Não me leve a mal. Não quero dizer que quero viver atropelando os dias e me concentrando só em alguns. Quero dizer que tenho vivido o agora de forma tão bonita que passei a ter essa ansiedade absurda (e bem feminina) de querer o dia de amanhã logo, porque sei, ou pelo menos penso saber, que ele será tão bom quanto esses. Sinto um desejo e uma saudade tão ilógica do futuro que texto nenhum vai conseguir explicar. É vontade. É saudade. Sou eu.

3 comentários:

  1. Também tenho essa vontade de dormir, dormir e acordar em um dia totalmente novo, porém tão belo quanto os que já me fizeram feliz. A gente tem desses anseios que se revesam em vontade enlouquecedora e arrependimento de querer algo errado. Adoro sua forma de escrever. Bjs

    ResponderExcluir
  2. A nossa vontade de prever o futuro, ou então fazé-lo acontecer é mesmo bem real. Não temos vontade de adiantar nossa vida,mas sim, com esperanças de que ela poderá mudar, em princípio se não estivermos gostando dos momentos mais recentes dela. Adorei seu texto, ganhou uma nova leitora. Beijos !

    ResponderExcluir
  3. Uma ânsia por dias tão lindos, depois de tanto esforço para tal sensação, a vontade de aproveitar até a última gota é imensa.

    ResponderExcluir

Obrigada!