Pedaços de nós dois - Parte III

18 de fevereiro de 2011




Cheguei em minha casa e encostei a mochila no sofá. Fui até o guarda-roupa, abri nossa gaveta de lembranças e joguei tudo no chão. Fotos, presentes, cartas, cartões... Exatamente tudo. Tudo aquilo agora ia para o lixo, exceto uma caixinha com uma bailarina e nosso nome estampado na tampa, aquele presente era especial.
Joguei uma mala de roupas que estava em cima do guarda-roupa no chão e esse foi o primeiro item que peguei. Liguei para minha mãe e expliquei minha situação e ela prometeu que iria resolver o resto dos problemas para mim.
_Mãe, eu preciso que faça isso. Não posso continuar aqui. Ficaria agradecida se fizesse isso por mim.
_E quanto à passagem?
_Já tenho tudo planejado, a chave do carro está na caixa de correios. Quando achar necessário pode vim pegá-lo. Tenho que desligar agora. Beijo. – E as lágrimas escorreram no meu olho, e não foram poucas lágrimas.
Abri as outras gavetas e comecei separar outras roupas. Jogava-as na mala com tanta força que mal tive tempo de preocupar com a organização. Em uma daquelas gavetas estavam duas passagens para Espanha. No maior ato de impulso que já cometi, eu rasguei a sua passagem. É, eu rasguei. Eu não podia permitir que você fosse comigo porque eu queria ir sozinha. Sozinha.
Peguei minha passagem e fiz uns telefonemas. O embarque seria daqui a uma semana e o aeroporto ficava a algumas horas da nossa cidade. Olhei meu saldo no banco e resolvi ficar hospedada em um hotel por lá. Eu merecia essas férias de você. Mesmo que elas fossem eternas.
Quando terminei de fazer minhas malas, ainda aos prantos, resolvi não ser clichê. Não deixei um bilhete, uma lembrança, uma mensagem e nem ao menos um e-mail. Resolvi ir sem deixar rastros. Fui para a rodoviária e de lá peguei um ônibus para a capital. Confesso que mesmo que tenha passado rápido cronologicamente, aquela semana foi a mais lenta para meu coração. Doía-me saber que deixava cada pedaço de você para trás. Seu suéter ainda estava comigo e dormi com ele todas as noites na esperança de ainda te sentir por perto. Ligava para minha mãe diariamente e ouvia o desespero na voz dela, mas eu estava decidida: Eu iria embora.
Nosso um mês na Espanha, se tornaria as minhas férias e depois, eu me resolvia com a burocracia. Estava disposta a ficar por lá e eu sabia que minhas economias eram capazes de pagar. Só não sabia como ficaria meu coração e a essa altura do campeonato, isso pouco me importava. Exatos sete dias depois, eu fui para o aeroporto, certa da minha decisão. Parei e por um instante pensei em mudar de idéia. Liguei para minha mãe e aquelas foram minhas últimas palavras que se referiam a você:
_Mãe, só diz que eu o amo muito, mas que eu precisava ir.
Pensei mais um pouco e olhei para todos os lados na esperança de te ver correndo atrás de mim. Expectativa frustrada. Abracei seu suéter e entrei naquele avião. E mal sabia eu o que me reservaria. Só esperava que ficasse bem. Espero que se lembre de mim, assim como eu me lembro de você. Não me arrependo de ter feito isso e nem sei ao exato o porquê disso tudo. Mas eu precisava te deixar. O que o destino nos reserva? Não sei.
Só quero que entenda que foi com você que eu deixei a minha melhor parte e que me dói todos os dias saber que não está mais aqui comigo. Dói-me mais ainda saber que te fiz chorar e que deixei nossos sonhos correr pia abaixo. Não me pergunte o porquê. Só quero que se lembre de mim todos os dias de sua vida. Espero que me entenda. Eu ainda te amo.
Fim

4 comentários:

  1. Isso é tão eu; é tudo o que fiz. Não afastei-me fisicamente, mas mantive minhas emoções distantes por muito tempo... Até agora.
    E a senhorita ativou minha curiosidade, e agora, como fico? O jeito é me perder nessas mil ideias sobre o outro fim.

    ResponderExcluir
  2. Pensei que ela fosse acabar por pegar as malas e voltar... Ir morar com ele... rs.. mas adoreii essa final tambem.

    abraços!!!

    ResponderExcluir
  3. Amei, triste, mas amei.
    E se possível, seria legal ver um fim diferente.

    ResponderExcluir
  4. minha linda,foi meio triste masss eu amei de coração.. me segue no meu blog..http://fer110796.blogspot.com/ mandei uma mensagem pro seu twitter,qualquer coisa me responde lá! Vou adorar ver você lá no meu blog,você tem sucesso,menina! Boa sorte :**

    ResponderExcluir

Obrigada!