Afinal, o que é o amor?

9 de janeiro de 2011


Um dia desses, eu ouvi uma senhora dizer que "amor era fruto da imaginação juvenil e que quando se é velho, você descobre que aquilo não existe". Nessa hora, me atrevi a olha-la no fundo os olhos e me veio uma repentina vontade de dizer algo.

Eu não sou ninguém para julgamentos ou suposições, mas o olhar dela me revelou uma tristeza tão profunda que eu cheguei a sentir algo que nem sou capaz de descrever. Era um olhar vazio e solitário.
Em meio aquele súbito desejo de retruca-la, eu pensei onde esteve guardado todo amor da vida dela. E se eu fosse um pouco mais ousada, eu teria lhe dito algo... Teria lhe perguntado onde ela acha que existe o amor e por que ela acredita que ele não existe. Teria lhe dito que ele está em todo lugar e não é tão complicado de se perceber. Mas uma força maior ainda me mandou calar: ela estava com seu marido e ele, por sua vez, estava na cadeira de rodas.

Pois bem, eu nunca vou esquecer o olhar daquela senhora. Talvez a vida não tenha lhe proporcionado muitas coisas boas e talvez por isso ela esteja desacreditada, mas eu espero que ela tenha se lembrado de mim pelo menor uma vez.

Eu não lhe disse nada, mas meus olhos lhe suplicaram em uma fração de segundos "Por favor, não deixa de acreditar. O amor existe. Eu sei disso, nós sabemos disso."
E cada vez mais, eu quero que o mundo saiba disso. O amor é muito maior do que nossa sã inteligência possa imaginar. É muito mais profundo e está muito mais perto do que nós pensamos. Não deixe de acreditar no amor. Ele é muito maior que nosso mero entendimento, por isso AME sem motivos, sem razões simplesmente.

Aquele dia eu voltei para minha casa mais pensativa do que de costume. Aqueles olhos e aquela mulher me fizeram refletir de um modo que ainda ninguém tinha conseguido.  Afinal, o que é o amor? Eu não sei e acho que nem quero descobrir o significado. Eu quero sentir, porque eu sei que ele existe.

3 comentários:

  1. Gostei muito do texto e da reflexão que vc passou nele.
    O amor existe em todos os lugares mesmo..

    ResponderExcluir
  2. É como você falou, o amor está em todo lugar, até em lugares que a gente não imagina que esteja. Às vezes acontece coisas na vida que nos fazem crer que o amor não existe, mas com certeza, algum dia, essa senhora vai reencontrar o amor, em algum lugar escondido. Daí ela vai lembrar de você e seu olhar suplicante.
    ;*

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o texto, é verdade, muitas vezes esquecemos o que é o amor, mas não podemos deixar que as dores apaguem ess sentimento ,
    amei linda **

    ResponderExcluir

Obrigada!